Pérolas do Porco-Minhoca

Adalberto | adalberto@abcrede.com.br | IP: 189.47.55.38

Olá, estou enviando mais pérolas para você colocar no “passa-tempo” do seu blog. Aliás, não é só pérola, é ouro puríssimo mesmo. E tenho muitas outras. Ah, e não é de minha autoria, caso você não saiba. Portanto, recomendo que tenha cuidado com as piadinhas que vai fazer.

(São Mateus 5,11)
Bem-aventurados sereis quando vos caluniarem, quando vos perseguirem e disserem falsamente todo o mal contra vós por causa de mim.

Números 31
Agora,pois, matai todos os meninos entre as crianças, e todas as mulheres que conheceram homem, deitando-se com ele. Mas todas as meninas, que não conheceram homem, deitando-se com ele, deixai-as viver para vós.

Adalberto | adalberto@abcrede.com.br | IP: 189.47.55.38

Olá, André. Andei lendo a sua política particular de comentários nada democrática e percebi que desde o ínício você violou quase todos as suas próprias leis. Senão, vejamos:

Não diga! Você sabe ler? Puuuuuuuuuuxa!

1. Agressões verbai; – desde o início. Se você tivesse sido educado eu também seria e já teria saido desde SNI anticristã.

Se vc não tivesse postado, jamais estaria aqui. Que interessante, não é mesmo?

2. Ataques pessoais ou ameaças; – quantos foram mesmo palavrões eu já recebi como resposta às minhas idéias?

Você atacou primeiro com suas tolices. Não quer ser contra-atacado? Não venha.

3. Texto copiado de outras fontes na íntegra; – Quanto são, mesmo os textos copiados aqui neste blog?

Todos os que foram copiados têm referência da fonte.😀

Ah, o meu texto, que colei há pouco. FOI VOCÊ QUEM PEDIU. E eu não costumo destacar dos textos só o que me interessa para mudar o seu sentido real. Interprete você.

Glória! Glória! E Tarcísio também.😛

4. Excesso de erros ortográficos; Ah, aqui você tem confundido muito erro de digitação com erro ortográfico. Escrever rápido pode causar isso, sabia?

Como no caso da “Professia”?

Mas você parece que já se acostumou a interpretar as coisas somente do jeito que APROUVEM. (essa palavra é da língua portuguesa – você não conhece, e quer corrigir os outros?)

Mas, está flexionado no tempo errado.😉

5. Argumentação falaciosa ou confusa; – Disso o seu blog está lotado até a tampa.

Verdade. Todas elas dos crentinhos.

6. Derivação excessiva do tema do artigo; – Você divide o artigo em partes para quebrar o sentido, como fêz com Provérbios 1,22, lembra? E depois fica inserindo risadihas e piadinhas sem graça no meio.

Dividi o cacete! Eu separei os parágrafos. Tenho culpa se você mesmo se auto-refuta?

7. Propaganda desproposital;
– Do quê. Não me lembro.

Todo dia eu apago propagandas. Teve até um que pediu para irem rezar na igreja dele pedir salvação. Gente idiota que acredita em seres imaginários, sabe?

PORTANTO, VOCÊ ESTÁ DESCLASSIFICADO. NÃO PODE FALAR NESTE BLOG. ASSIM DIZ A SUA PRÓPRIA CENSURA.

Nhé! Acho que vou chorar. Não gostou? Não venha, ué. Já falei: ALT+F4 resolve seu problema.

Ah, você precisa reler o artigo da Constituição Federal que garante o direito de crença religiosa. A interpretação tem, necessáriamente DUAS MÃOS DE DIREÇÃO. Mas você só está considerando o seu lado.

Eu tenho direito a descrença. Não venha aqui e pronto.

Passar bem. (numca vi nenhum produto com esse nome)

Adalberto | adalberto@abcrede.com.br | IP: 189.47.55.38

Olá André, ai vai mais uma pérola para a sua coleção:

Já estou acostumado.

O jornalista Carlos Heitor Cony em um artigo “Liberdade de expressão”, na Folha de São Paulo, diz: “Vamos com calma. A liberdade de expressão tem mão e contramão. Ela não é uma exclusividade divinatória dos jornalistas e profissionais da mídia. Qualquer ser humano tem a liberdade de expressar-se. É evidente que há limites legais e morais para esse tipo de manifestação”.

Me processe.

Defender a liberdade absoluta de expressão é muitas vezes uma forma de “corporativismo doentio” de pessoas às vezes mal formadas, sem princípios éticos, que mascara a truculência e o arbítrio, e se esconde atrás de uma interpretação maldosa da lei.

Como no caso dos caras que insistem em encher o saco com suas propagandas religiosas?

Os que têm fé não podem ser magoados e ofendidos em seus sentimentos mais sagrados. A fé de um povo é algo muito importante, algo como a sua identidade. A prova de que o direito de expressão não é absoluto, é que o Artigo 208 do Código Penal, que trata dos crimes contra o sentimento religioso, diz bem claro: “Art. 208 – “Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso: Pena – detenção, de um mês a um ano, ou multa.”

Eu não fiz em público. Fiz no meu blog. Não acesse, ué.

O Professor Doutor Paulo Adib Casseb, doutor em Direito Constitucional pela Faculdade de Direito do Largo de São Francisco (USP) e Professor de pós-graduação em Direito Constitucional na FMU, garante que a liberdade de expressão não é absoluta, conforme jurisprudência firmada pelo STF no sentido de que no nosso sistema inexistem direitos e garantias revestidos de natureza absoluta (RTJ 173/805-810, 807-808 e decisão de 22/08/2005 cf. informativo 398 do STF),

Contrate-o para me processar.

NO ENTANTO, QUER ME VER FORA DO SEU BLOG, É FÁCIL. VOCÊ SABE O QUE TEM QUE FAZER:
É SÓ RETIRAR TODOS OS MEUS TEXTOS E AS MINHAS REFERÊNCIAS DO sEU BLOG, E EU SAIO EM SEGUIDA – AH, EU ADORARIA, EMBORA JÁ ESTEJA TAMBÉM ME DIVERTINDO A BESSA.

Deixe-me ver….

hummmmm

Não.😀

OU ENTÃO VOCÊ PODE DEVOLVER OS MEUS TEXTOS O FARMATO ORIGINAL QUE EU MANDEI, SEM TRUQUES DE MANIPULAÇÃO E DIVISÃO DE TEXTOS COM SEGUIMENTOS DE PIADINHAS IDIOTAS.
DO CONTRÁRIO EU VOLTO. VOCÊ É QUEM ME DÁ ESSE DIREITO.

Ele está do jeitinho que vc mandou.

E pelo que eu me lembre, posso ter me exaltado um pouquinho apenas na minha primeira manifestação, embora coberto de razão, dada a indignação diante de tantas ofenças contra os que tem fé. Depois eu procurei manter apenas o diálogo e ser reipeitoso. E até anunciei, respeitosamente, que iria sair do seu Blog.

Ainda não foi por que? Um convite?

Mas você mostrou que não desconhece o sentido de respeito e quando é hora de parar, e zombou (na verdade de si mesmo) até a última palavra.

Sou mau, não sou?😎

Ora, você me pediu para trazer mais “pérolas”, lembra: “manda mais, manda mais”. Pois bem, tenho um estoque inesgotável.

Eu conto com isso. Meus visitantes têm sede de risadas.

Seria um prazer evangeliar através do seu blog.

Se vc acha que se mostrar o quanto é ridículo é evangelizar, fique à vontade.

E sei digitar muito rápido, porisso às vezes a grafia soa mal.

Ahan… Claro, claro.

Mas não tem problema, as pessoas entendem bem e estão preocupadas com o conteúdo, e não com a forma. Quem se preocupa tanto com a forma acaba ficando sem conteúdo, tal como as suas piadinhas. Eu tenho a bílbia inteira para postar aqui, além dos documentos do Vaticano, texos litúrgicos e de livros confiáveis (não fajutos), etc, etc, etc, … Você é quem sabe.

E eu sei hebraico, latim e grego.😉

Quer brincar de teologia? Ótimo! traga livros decentes. Recomendo os do Bultmann.

Se quiser baixar a guarda e apenas dialogar, sem ofensas, eu também concordo.

Mas, de jeito e maneira! Você não desafiou? Ótimo! Vamos lá. Prove que seu Jesus existiu.

Começa refutando isso: http://ceticismo.net/religiao/as-mil-faces-de-jesus-o-mau-caratismo-religioso/

Depois, isso: http://ceticismo.net/religiao/a-falsificacao-do-sudario-de-turim/

E isso: http://ceticismo.net/religiao/o-diluvio-desmascarado/

Mostre os seus imensos documentos que possam destruir as argumentações nesses artigos.

Aliás, ainda que você despeje sobre mim todo o seu arcenal de ofensas e escarnios, eu vou continuar sendo respeitoso e trabalhando apenas com argumentos válido.

Sem falácias como as trocentas apresentadas até agora? Refute meus artigos.

Sabe, na verdade eu detesto ficar siscutindo sobre religião.

A saída é a terceira porta à esquerda.

Só estou fazendo isso agora porque você me provocou com seus ataques nitidamente insanos. Como eu já disse, não te considero meu inimigo só porque se declara cético e não concorda com a minha fé. Porém, exijo respeito.

Você vá exigir algo de seus padres. Aqui, você não exige nada, linduxo. Não tá satisfeito? Get Out!

Fique com Deus, mas se você prefere assim, pode ficar com o Saci Peferê, como sempre diz.

Eu prefiro a Iara.😉

Abr 1, 2:22 PM — Fale conosco!

Será que a Minhoquinha do Senhor voltará? Será que a Legião de Anjos se apresentará para deter o Torpe Herege? Será que Jesus virá com seu Jegue de estimação e aniquilará os malditos pecadores do Ceticismo, Ciência & Tecnologia?

Fiquem sintonizados neste Cet-Blog, nesta mesma Cet-Hora.

2 Respostas para “Pérolas do Porco-Minhoca

  1. Meu G-zuis!
    Ei, André, parece que o cara ‘paixonou’… 😉

    Mas, se deseja ele falar de Filosofia e Direito, FAÇAMOS A SUA VONTADE! – assim disse a DEUSA

    1) O Helenismo e suas principais correntes – estoicismo, epicurismo, ceticismo.

    O termo ‘helenismo’ é derivado da obra do historiador alemão Droysen, ‘Hellenisms’ e designa a influência da cultura grega em toda a região do Mediterrâneo oriental e do Oriente Próximo desde as conquistas de Alexandre.

    São suas principais correntes as supra-citadas, mas atenhamo-nos apenas à que interessa para o presente: o ceticismo.

    A posição cética caracteriza-se pela suspensão do juízo (époche) quanto á possibilidade ou não de algo ser verdadeiro ou falso.

    Os argumentos de Aristóteles, p.ex, em defesa do princípio da não-contradição mostram a existência, se não do ceticismo, ao menos de elementos céticos nos filósofos pré-socrásticos e nos sofistas.

    Assim, o ceticismo do presente blog encontra sim, respaldo filosófico. CONSEGUE ENTENDER ISSO, benzinho?

    Quanto à Metafísica e Kant, conseguiu entender (da leitura do comentário anterior) como Kant argumenta sobre ‘Deus’ com o intuito de descartar a validade de tal como objeto da ciência? Aliás, leu o comentário? (duvido!).

    Assim, antes de falar em Filosofia, vá estudar…mas leia as obras dos caras, não fique entrando em sites onde o que se faz é distorcer/descontextualizar o que eles falam, ok?

    2) Do Estado laico e da liberdade de expressão:

    O meninão arrotou uma ameaça, prá variar um pouco deixou o inferno de lado e passou a ameçar com a lei, no meio do arroto abordou a liberdade de expressão.

    Ok, façamos a vontade dele.

    Um Estado laico (sabe o que é isso, não sabe?) autoriza a todos os seus ’súditos’ a adotarem a religião que quiserem, bem como autoriza-os a não adotar religião ALGUMA. Ou seja: os ‘crentes’ podem ‘crer’ no que bem entenderem (o mercado é vasto: saci-pererê, et de varginha, ufos…fiquem à vontade), e os não-crentes podem desacreditar no que bem entenderem. Estão autorizadas posições ateístas, agnósticas e céticas (consegue entender isso?).

    Assim, a liberdade torna-se uma rua de MÃO DUPLA. Um é obrigado a respeitar a posição do outro.

    Então vejamos qual seria a resposta ao ‘arroto’ do bebê-chorão?

    Simples: quem compareceu a este sítio para atacar um artigo cético foi quem mesmo, senão a minhoca?

    Assim, dentro deste contexto, os editores do blog foram injustamente provocados (sabe vc o que significa, para o Direito, injusta provocação?).

    Ah…mas ele mencionou um artigo específico da lei…o artigo 208 do CP! DEVE ESTAR CERTO, NÃO DEVE? …

    WRONG 😀

    Há uma hierarquia o ordenamento jurídico, fiote. A Contituição está no topo, enquanto as demais leis, decretos (e o que mais vc quiser) estão abaixo.

    Assim, você infringiu o Direito Constitucional do André em não crer em coisa alguma, ao entrar neste blog e ‘se exaltar’ como mesmo afirmou.

    (Ei, André…..vai processar o rapaz?)

    Quanto ao artigo 208……vá estudar, rapaz! Não se pune a simples ofena à religião, dado o princípio constitucional que vc mesmo citou. Experimente ir numa Delegacia mais próxima registrar a conduta que vc expurga…experimenta, vai…. 🙂 Eu adoraria ver o resultado, hehe

    Filosofia e Direito => quer falar de ambos? Estude, mas estude MESMO, tá? Não se atenha ao conhecimento ‘googleano’.

    Abraços!

  2. Não dá pra negar que o anelídeo é persistente…

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s