Nenhum cientista de verdade…

Bebeto_maya | artedeagrado@gmail.com | 189.81.223.20

Dança do Universo, Uma breve história no tempo, Universo na casca de noz, Universo Elegante…

Esses livros não são científicos, assim com a bíblia, são obras jornalísticas para bocós impressionados…

Claro que sim. Vamos ver quem são as bestas estúpidas que escreveram os livros supracitados:

Marcelo Gleiser – Físico, astrônomo, professor, escritor e roteirista. Bacharelou-se em 1981. No ano seguinte fez seu mestrado na Universidade Federal do Rio de Janeiro e em 1986 obteve seu doutorado no King’s College London na Universidade de Londres. Desde 1991, é professor de Física e Astronomia e pesquisador em uma renomada universidade norte-americana, a Dartmouth College em Hanover, EUA. Já fez parte do grupo de pesquisadores do Fermilab, em Chicago, e do Institute for Theoretical Physics da Califórnia. Recebeu bolsas para pesquisas da NASA, National Science Foundation e da OTAN.

Em 1994 ganhou do presidente norte-americano Bill Clinton o prêmio Presidential Faculty Fellows Award por seu trabalho de pesquisa em cosmologia e por sua dedicação ao ensino. Em 1995 ganhou o Dartmouth Award for Outstanding Creative or Scholarly Work e venceu em 2001 o prêmio José Reis de Divulgação Científica. Em 2001, Gleiser foi eleito Fellow da American Physical Society, a Sociedade de Física Americana, do qual é membro. Seu ensaio Emergent Realities in the Cosmos apareceu na antologia Best American Science Writing 2003, editada por Oliver Sacks. Em 2006, Gleiser foi eleito Membro Permanente da Academia Brasileira de Filosofia.

Stephen Hawking – Uma das maiores mentes científicas do século XX. Entrou, em 1959, na University College, Oxford, onde pretendia estudar matemática. Como não pôde, por não ser disponível em tal universidade, optou então por física, formando-se três anos depois (1962). Seus principais interesses eram termodinâmica, relatividade e mecânica quântica. Obteve a graduação de doutorado na Trinity Hall em Cambridge no ano de 1966, onde é atualmente um membro honorário. Nesta época foi diagnosticada em Stephen W. Hawking a doença degenerativa ELA (esclerose lateral amiotrófica). Depois de obter doutorado, passou a ser investigador e, mais tarde, professor nos Colégios Maiores de Gonville e Caius. Depois de abandonar o Instituto de Astronomia em 1973, Stephen entrou para o Departamento de Matemática Aplicada e Física Teórica e, desde 1979, ocupa o posto de professor lucasiano de Matemática, cátedra que fora de Newton.

Elaborou os argumentos teóricos da existência da radiação Hawking que permite aos buracos negros perder massa, se supõe que, os buracos negros que percam mais matéria do que ganhem por outros meios, venham a evaporar, encolher, e finalmente desaparecer. Mostrou que efeitos quânticos permitem aos buracos negros emitir radiações exatamente como um corpo negro (a média da radiação térmica emitida por uma fonte idealizada), cuja temperatura está inversamente relacionada à massa do buraco negro.

Os mini buracos negros são previstos atualmente pela teoria como sendo, proporcionalmente, emissores de radiação mais poderosos do que buracos negros maiores, e diminuir e evaporar mais rapidamente.

A descoberta de Hawking foi o primeiro vislumbre convincente sobre a gravidade quântica. Entretanto a existência da radiação Hawking continua controversa.

Brian Greene – Ingressou em Harvard em 1980 para estudar Física. Tendo concluído o bacharelado, foi para Oxford como Rhodes Scholar para concluir o doutoramento. Entrou na Universidade de Columbia em 1996, onde é professor desde 2003. Atualmente é co-diretor do Columbia’s Institute for Strings, Cosmology, and Astroparticle Physics (Instituto de Cordas, Cosmologia e Física de Partículas da Universidade de Columbia) (ISCAP) e lidera um programa de pesquisas da aplicação da teoria das supercordas em questões cosmológicas.

Suas atividades para o público em geral incluem palestras (técnicas e gerais) em mais de 25 países, dois livros de divulgação científica , como o Universo Elegante, uma publicação voltada para leigos que trata da Teoria das cordas e da teoria M. Foi finalista do Prêmio Pulitzer em não ficção e vencedor do The Aventis Prizes for Science Books em 2000. O livro fala sobre como as Variedades Calabi-Yau, assim como os pontos multi-dimensionais (11D, 16D, 26D) podem nos fazer compreender o espaço-tempo. Posteriormente, o livro gerou um programa especial em três partes pela PBS com Greene como narrador.

Já o Tecido do Cosmo: O espaço, o tempo e a textura da realidade Trata sobre o espaço, tempo e a natureza do universo. Usando de personagens da cultura pop (como Os Simpsons e Arquivos X), o livro trata de assuntos da física moderna, como a não-localidade do emanharamento das partículas e seu relacionamento com a relatividade especial e explicações básicas da teoria das cordas. É um exame da natureza íntima da matéria e realidade, cobrindo tópicos como espaço-tempo e cosmologia, origens e unificação, e finalmente possíveis aplicações das teorias mais recentes – como buracos de verme e viagens no tempo.

Quantos são jornalistas? Nenhum. Vai estuar, moleque.

Agora, vejamos a ciência bíblica

01) Lebres e coelhos ruminam – Levítico 11:05,06 e Deuteronômio 14:07;

02) Morcegos também são aves – Levítico 11:19 e Deuteronômio 14:18;

03) Algumas espécies de insetos têm quatro pés – Levítico 11:20;

04) O homem surgiu diretamente do pó (ou barro) – Gênesis 02:07;

05) A mulher surgiu de uma costela do homem – Gênesis 02:21-22;

06) As plantas surgiram antes do sol – Gênesis 01:11-19;

07) O arco-íris é um fenômeno mais recente que a civilização – Gênesis 09:13-16;

08) Os diferentes idiomas existem porque Deus quis impedir que o homem construísse uma torre para alcançar o céu – Gênesis 11:05-09;

09) A terra é sustentada por colunas – I Samuel 02:08;

10) A terra tem aproximadamente 6.000 anos (este número é conseguido calculando as genealogias mostradas em Gênesis cap 05 e 11, e também de Lucas 03:23:28);

11) A terra não se move – 1Crônicas 16:30, Salmos 93:01, 96:10, 104:05;

12) O Universo surgiu em seis dias – Gênesis 01:31;

13) A terra e a água já existiam antes da luz – Gênesis 01:01-03;

14) As árvores frutíferas surgiram antes de qualquer animal – Gênesis 01:12:21;

15) Uma pequena janela, com menos de meio metro quadrado, é o suficiente para arejar um ambiente contendo milhares de animais – Gênesis 06:16;

16) Alteração genética de rebanhos fazendo-os conceberem olhando para varas descascadas – Gênesis 30:37-39;

17) Existência de dragões – Salmo 44:19, Isaías 27:01;

18) Sangue na roupa de cama é uma evidência conclusiva para a comprovação de virgindade antes do casamento (a falta dela poderia causar a morte de uma mulher) – Deuteronômio 22:20,21;

19) Estrelas podem cair do céu sobre a terra – Mateus 24:29, Marcos 13:25, Apocalipse 06:13 e Apocalipse 12:04;

20 Doenças como surdez, cegueira e doenças mentais são causadas por demônios – Mateus 12:22; Marcos 09:25; Lucas 08:27;

21) Ouro enferruja – Tiago 05:02;

22) O valor de Pi=3 (Pi=3,141592…) – I Reis 07:23;

23) Serpentes comem pó, e rastejam devido a uma maldição divina – Gênesis 03: 14;

24) Tudo o que se come é eliminado – Mateus 15:17;

25) Sementes mortas podem germinar – João 12:24;

26) A semente da mostarda é a menor de todas as sementes – Mateus 13:32;

27) O que se come não nos contamina – Mateus 15:11

28) O céu é firme como um espelho fundido – Jó 37:18

29) Dar a luz torna uma mulher imunda; duas vezes mais imunda se der a luz à uma menina – Levítico 12:02-05

30) O coração é o órgão responsável pelos pensamentos – Gênesis 06:05, Deuteronômio 15:09, I Crônicas 29:18, Salmos 139:23, Jeremias 16:12, Daniel 02:30, Isaías 44:18, Mateus 09:04, Mateus 15:19, Marcos 07:21, Lucas 01:51, Lucas 02:35, Lucas 05:22, Lucas 09:47, Atos 08:22, Hebreus 04:12.

Ops, mal aí.

Provar ou não a existência de Deus é assunto científico, felizmente, Michael A. Keller, já o fez: http://highwire.stanford.edu/~mkeller/ , através da sua teoria do Deus dos Cientistas, o Big Bang.Não somente ele, como também Stephen Unwin (http://en.wikipedia.org/wiki/Stephen_D._Unwin) inclusive com cálculo matemáticos.

HAHAHAHAHAHAHAHAHA, E não me diga o deus que ele provou que existe é o deus cristão, né? Claro claro. A velha Falácia do Escocês.

Universo numa Casca de Noz, é um brillhante livro. Detalhe: Uma esplêndida ficção ciêntifica contada magistralmente por Stephen Hawking sem comprovação nenhuma.

Duvido que vc tenha entendido o livro. Aliás, duvido até mesmo que vc tenha lido.

É preciso separar, naturalmente as mentes fraquejantes não têm essa capacidade…

Como a sua, é claro.

acabei de acessar o link que você me enviou, tem certeza que quer continuar a discussão? É um link de uma instituição religiosa extremista cristã…E você ainda quer falar mal dos cristãos? Ah, pelo amor de Deus.

Amor de quem?

De Padre quer tatuar gays para identificá-los, 10/10/2008, 12:20

8 Respostas para “Nenhum cientista de verdade…

  1. Certamente ele deve ter lido:
    – A bíblia tinha razão – de um jornalista,
    – Serão os deuses astronautas – de outro jornalista,
    – Astronautas de Javé – de outro jornalista.
    – Este mundo tenebroso – de uma médica que teve sua licença cassada.

    tadinho…

  2. Dá medo de alguns religiosos que postam lá. Não perderiam uma oportunidade de jogar esses livros e muitos outros em uma grande fogueira pública.

  3. Tem gente que gosta de passar vergonha…

  4. Quanto à jogar livros na fogueira, discordo, pois isso seria adotar a mesma postura equivocada de outrora. À quem incumbiria a tarefa de escolha?

  5. Isso chamasse, “PESSOA SEM NOÇÃO”. vive em uma gaiola chamada religião, só conhece o interior da gaiola, e o que lhe é ofertado como alimento, não consegue buscar outro tipo, só tem aquele, se acostuma e se transforma em um zumbi celestial, com o conheimento completo e altamente elaborado de sua gaiola divina, para ele o que estiver fora da gaiola é invenção dos que vivem fora dela.

    Eu fico pensando o que leva uma pessoa com algum tipo de capacidade cognitiva a vir aqui e falar um monte de bobagens religiosas sem nenhum nexo, e passar vergonha dizendo tanta bobagem, lixo culturar tirado de suas biblias que só trazem ignorancia e atraso mental.

  6. Pingback: Ciências Naturais na Bíblia « idealismo de buteco

  7. peço permissão para postar as suas pérolas bíblicas na desciclopédia, posso?

  8. Citando a fonte, fique à vontade.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s